Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 6, 2009

A História de Yunus Emré.

Yunus Emré, em tempos muito antigos, inventou cantos mais duráveis que a memória de sua própria vida. Foi também um incansável buscador da verdade. Aos vinte e oito anos, ou talvez mais jovens ainda, veio-lhe ao coração uma avidez pelo conhecimento que o levou pelos caminhos do mundo.
Ele partiu na esperança de que esta sede de saber o conduzisse a um mestre que o iluminasse. Esse mestre foi-lhe dado encontrar depois de dez anos de errância miserável, no grande vento de uma colina, em plena estepe da Anatólia. Chamava-se Taptuk e era cego.

Taptuk também havia viajado muito, mas por caminhos diferentes dos de Yunus. Adolescente ainda, raspou sua cabeça e sobrancelhas e vestindo um gorro de feltro vermelho foi combater invasores mongóis. Atravessou tantas derrotas quanto efêmeras vitórias. Cavalgou com o sabre entre os dentes, perseguindo homens tão loucos quanto ele.

Odiou, pilhou, matou, cem vezes perdeu e encontrou sua alma no furor dos combates, até que finalmente o silêncio se abateu…